Thursday, August 26, 2010

Answers answers

Aí sim, fomos surpreendidos novamente....

Recebi as respostas às perguntas que fiz. In fact, falei com a simpaticíssima Fernanda Albano do Consulado Canadense. Foi ela quem ficou no lugar da Maria João.

Sem mais delongas, vamos às respostas....

- 12 meses de validade do visto: o período não pode ser mudado e inicia-se com a chegada dos exames médicos em Trinidad e Tobago. Não é possível fazer outro exame para 'zerar' o período. O que ela recomendou é que façamos o landing process antes do expiry date no visto. Senão o visto perde a validade e aí bau bau, tem que recomeçar todo o processo.

- Uma vez feito o landing process, voce pode sair e voltar quantas vezes quiser com o Permanent Resident card. Ele permite múltiplas entradas no país e pode ser solicitado (assim como o SIN card) assim que chegar no Canadá. Porém, esse documento demora mais ou menos um mês para ficar pronto. Portanto, caso voce saia do país antes de ter o PR card, depois voce tem que solicitar um passaporte temporário chamado de travel documents ao consulado para poder reentrar no Canadá. [EDITADO 29/Abril/2014] Caso voce tenha que sair e re-entrar no Canadá sem ter o PR card emitido, voce precisa de um Travel Document (Permanent Resident Abroad). Eu tive que fazer um e o processo foi relativamente rápido.

- Para manter o staus de permanent resident, voce tem que comprovar moradia no Canadá por pelo menos dois anos em um total de cinco anos.

- Uma vez que o permanent resident visa é carimbado no seu passaporte, quaisquer outros vistos Canadenses pré-emitidos no seu passaporte serão revogados. As subsequentes entradas e saídas devem ser feitas da maneira descrita acima.

Agora tenho que começar a programar a viagem que deve acontecer em Janeiro ou Fevereiro 2011.

I hope this helps.

Der Doppelgänger

1 comment:

suandofrio said...

Aê rapá!!!

Fevereiro de 2011 vamos estar por lá também, então quem sabe a gente se encontra em Vancouver.

Abração,
Casão